Especialista explica como se preparar ano a ano para a graduação nos EUA

O arrependimento número dos candidatos que decidem aplicar para uma faculdade nos Estados Unidos é não ter começado o processo de application (candidatura) mais cedo. É necessário ter em mente que a avaliação da sua candidatura é holística e, portanto, inclui todas as suas atividades, cursos e notas desde o 9° ano do ensino fundamental, consistindo em uma jornada de quatro anos de duração.

Abaixo, elaboramos um calendário de atividades detalhado ano a ano para te ajudar a planejar sua vida tranquilamente:

9° ano – Nós chamamos esta etapa de “Discovery”, uma vez que é nesse ano que você começa apensar em quem você é e em quem você gostaria de ser. A maioria dos nossos alunos não consegue responder a essas perguntas com 100% de certeza, mas essa é exatamente a hora para você arriscar, experimentar e descobrir.  Comece a se envolver em atividades extracurriculares para experienciar novidades e, assim, aprender um pouco mais sobre o que você gosta e o que você não gosta.  Além disso, aproveite para se dedicar mais ao inglês. Ter um vocabulário de nível universitário não te ajudará somente a se sair bem nos testes SAT/ACT, mas também na sua vida universitária.  As universidades americanas pedem muitas redações e relatórios, então, ter um bom vocabulário irá contribuir para seu sucesso.

1º ano do ensino médio – Nós chamamos esta etapa “Implement”, pois nesta fase deve-se focar na produtividade das atividades, experiêncas e estudos. Aprofunde a sua participação em atividades extracuriculares e comece liderar alguns projetos.  Avalie o seu histórico escolar para ver em quais matérias você pode melhorar – particularmente a matemática.

Faça um simulado do SAT ou ACT.  Vários sites oferecem estas provas não-oficiais online que você pode baixar gratuitamente.  Vale a pena descobrir agora quais são as suas áreas fracas e fortes para planejar quanto tempo você vai precisar para alcançar os seus objetivos. Comece montar uma lista preliminar de 20 universidades para pesquisar as diferenças e oportunidades oferecidas.  Entre em contato com alunos e ex-alunos das universidades para entender se estas se encaixam no seu perfil.

2º ano do ensino médio – Nós chamamos esta etapa de “Focus”, uma vez que agora o aluno deverá se preparar para fazer os testes ACT ou SAT I. Como o SAT sofrerá algumas mudanças em maio de 2016, é muito importante saber escolher qual dos testes fazer. A maioria dos brasileiros optam pelo SAT, contudo, nós acreditamos que o ACT pode ser uma escolha melhor para certos alunos. No ACT, as questões são mais diretas, valorizando os alunos que são mais estudiosos, enquanto no SAT há mais truques e “pegadinhas”.

Quando você estiver no 2º ano do ensino médio, deverá desenvolver habilidades como liderança, trabalho em equipe e empreendedorismo. A sua inicial de  universidades deverá ser refinada por meio de feiras de intercâmbio e, principalmente, visitas às instituições, quando possíveis. É necessário começar a pensar para quais professores você irá pedir suas cartas de recomendação.

3º ano do ensino médio – Essa última etapa chamamos de  “Apply” , pois é neste ano que o aluno completará todos os applications (candidaturas).  No 1º semestre é importante realizar as provas de SAT II e TOEFL para deixar o 2º semestre somente para as redações dos applications.  Junto a seus pais, complete a análise do perfil financeiro de sua família para ser realístico em relação a quais universidades você vai conseguir pagar.  Não pense que irá necessariamente receber uma bolsa de estudos –  sim, estas existem. No entanto, infelizmente, cada ano que passa o número de bolsas para estudantes internacionais vêm diminuindo

Pense bastante antes de decidir para quais universidades irá se candidatar, pois todas exigem uma taxa de aplicação e algumas pedem redações extras. Nós recomendamos que escolha entre 7 e 10 universidades categorizadas da seguinte forma: reach(universidades um pouco acima do  seu perfil),  fit (universidades nas quais a probabilidade de você ser aceito é grande) e safety (universidades nas quais a probabilidade de ser aceito é quase de 100% e ainda há possibilidade de obter bolsa por mérito) para o seu perfil.

Fazendo tudo isso, você irá se sentir mais calmo e seguro de que escolheu e aplicou para as melhores universidades de acordo com o seu perfil.  Depois deste processo, é só sentar, relaxar e esperar as cartas de aprovação.

Visite o site do Estudar Fora para ler este artigo e outros sobre o processo de aplicar fora!

Especialista explica como se preparar ano a ano para a graduação nos EUA